Programa de Apoios

A Fundação Baxter Internacional dedica grande parte dos seus investimentos à ajuda de outras organizações, para que possam aumentar a sua capacidade de acção. A contratação de colaboradores, ou “staffing”, é um dos métodos mais comuns de colaboração. Um grande número de organizações favorece o acesso a cuidados de saúde através da contratação de profissionais de saúde; outras contratam fisioterapeutas para cuidar de pessoas portadoras de deficiência e, em alguns casos, psicólogos para ajudar mulheres e crianças vítimas de violência doméstica, abuso infantil ou pessoas com outras necessidades de saúde específicas. Algumas organizações dão formação aos seus colaboradores em tratamentos ou técnicas específicas ou avançadas que lhes permitem atender eficazmente um maior número de pessoas.

Em 2008, as contribuições da Fundação Baxter Internacional alcançaram mais de 4 milhões de dólares, dos quais, $2.82 milhões se destinaram a patrocínios para organizações de 20 países; na sua maioria para projectos de melhoria da qualidade e acesso aos cuidados de saúde em comunidades com falta de recursos, nas cidades onde vivem e trabalham os colaboradores da Baxter. Concretamente, os donativos concedidos no ano de 2008 ajudaram a desenvolver acções de cuidados de saúde e nutrição infantil, tratamentos de saúde mental a pessoas sem abrigo, formação de profissionais de saúde em temas de saúde pública e melhoria do acesso à saúde para crianças, pessoas sem seguro médico e idosos.

A Fundação concedeu um patrocínio para um projecto no Oeste de Porto Rico, onde os serviços de intervenção rápida para crianças são escassos, mas têm grande procura. O Centro Espibi em Mayagüez, atende mais de 510 crianças de, aproximadamente, 1.500 famílias. Para acabar com uma longa lista de espera no serviço de terapia de reabilitação da fala, o patrocínio da Fundação Baxter Internacional serviu para que a organização contratasse mais médicos e terapeutas da fala, para atender a crianças em etapas cruciais do seu desenvolvimento e melhorar deste modo as suas oportunidades nos primeiros anos de vida escolar.

Frequentemente, certos sectores da população sofrem devido à escassez de recursos para cuidados de saúde, e a Fundação Baxter Internacional responde aos pedidos de organizações que trabalham para facilitar estes serviços a pessoas desfavorecidas ou que se encontram em situação de exclusão.

Na cidade de Vancouver, na Colúmbia Britânica, encontra-se um dos bairros mais pobres de todo o Canadá, onde vive a maior comunidade aborígene mais numerosa fora de uma reserva. A esperança de vida desta comunidade é metade da esperança de vida nacional no país. O tipo de vida nómada, a falta de recursos, e os problemas de educação e culturais originam a falta de cuidados de saúde a crianças e famílias. Uma bolsa da Fundação Baxter Internacional facilitou os meios económicos necessários para que a associação YWCA de Vancouver contratasse pessoal para ajudar as famílias no acesso aos cuidados de saúde de que necessitam.

A Los Angeles Free Clinic, fundada em 1967, é a clínica mais antiga dos Estados Unidos, que proporciona serviços gratuitos de forma continuada, prestando cuidados de saúde às pessoas que não poderiam obtê-los noutro local. Uma bolsa da Fundação Baxter Internacional contribuiu para que a clínica amplie o seu programa “Chronic Conditions Management” para chamar a atenção e conseguir uma melhor gestão das doenças crónicas, incluindo um tratamento mais adequado para doentes diabéticos.

Em 1992, o Dr. Sarafino Garella reuniu em Chicago um pequeno grupo de profissionais de saúde para, voluntariamente realizar consultas a doentes sem seguro médico. Actualmente, a Community Health é uma clínica gratuita com mais de 325 voluntários, incluindo 120 médicos, que dão anualmente 15.000 consultas de clínica geral e especialidades. Uma bolsa da Fundação Baxter Internacional ajudou a desenvolver o programa “Chronic Disease Health Management“ (Tratamento de Doenças Crónicas), mediante o qual, graças a um programa de enfermaria, se presta atenção individualizada, facultando os medicamentos e exames complementares de diagnóstico necessários, para além de formação em saúde e aconselhamento sobre nutrição; proporciona igualmente a interacção dos doentes com os recursos de que dispõem na sua comunidade.

Em Portugal, a Fundação Baxter Internacional apoiou três projectos diferentes com as seguintes instituições: Ajuda de Mãe, Instituto de Apoio à Criança e Associação Amigos dos Queimados.

Em relação aos vários projectos, o apoio da Fundação Baxter traduziu-se no pagamento de uma equipa multidisciplinar com uma função de suporte às várias pessoas frequentadoras dessas Associações, de modo a permitir uma melhor reinserção familiar e social das pessoas afectadas, bem como o desenvolvimento das suas competências socioculturais.

Os montantes envolvidos foram da ordem dos 20.800$ para a Associação dos Amigos dos Queimados; 25.000$ para a Ajuda de Mãe e cerca de 120.000$ (repartidos por três anos) para o Instituto de Apoio à Criança.